Pesquisa de Histórias


Widget UsuárioCompulsivo

Downloads de histórias - dúvidas e problemas !?!

Para fazer o download de qualquer uma das PRÉ Histórias, basta o seguinte:

- Na
caixa de apresentação da história, cliquem do lado esquerdo onde diz Slideboom e serão encaminhados para o respetivo site.
Aí poderão descarregar o ficheiro em Powerpoint, bastando clicar do lado direito em download.
Depois é só escolher guardar no computador ou apenas abrir o ficheiro da história.
Desta forma poderão utilizar as histórias mesmo sem acesso à internet.


sábado, 27 de Setembro de 2014

Já encheste um balde hoje?

Há livros fantásticos que não estão traduzidos em português... quando assim acontece procuro criar uma versão que me permita utilizar o conceito subjacente à história com as minhas crianças.

Foi que aconteceu neste caso, esta história encaixa muito bem naquilo que temos vivido ao longo dos últimos anos na sala fixe, procurando manter bem acesas e brilhantes as luzinhas do nosso coração...
Este é o livro:
E isto é o que fiz a partir dele...
(ou melhor, a partir da informação que consegui reunir sobre ele aqui)

A habitual apresentação em Powerpoint...


E mais uma experiência em vídeo (digital storytelling)...



Deixem a vossa opinião... será que gostaram tanto da história como eu?

domingo, 21 de Setembro de 2014

A fada do Outono

Uma história (adaptada a partir de texto disponível na internet, da autoria de Rita Campeão) que aborda de forma fantasiosa, através de uma fada, as caraterísticas usuais desta estação do ano.


Atualmente seria bem mais adequado contar uma história diferente, que referisse a verdade: Antigamente era assim, mas agora, devido às alterações climáticas, efeito da ação nefasta do Homem no ambiente, já não é... 
Lembremos os últimos dias bem invernosos deste Verão e hoje, que chega o Outono, está um sol esplendoroso e quente!

sexta-feira, 29 de Agosto de 2014

terça-feira, 3 de Junho de 2014

Um bicho estranho...

Uma adaptação da obra da kalandraka com o mesmo nome, feita pelas estagiárias da Sala Fixe, Cindy Quaresma e Marylène Lages, que construíram um livro em cartolina só que este, em vez de falar de um rato, fala de uma toupeira!

Assim em formato digital não dá propriamente para rodar, na parte de "e ao dar a volta ao conto..." mas tentamos resolver o problema de forma a resultar na mesma ;-)

segunda-feira, 19 de Maio de 2014

De que tamanho é o pé do rei?

Uma história traduzida e ilustrada por Carlos Pereira dos Santos, que pode ser um bom ponto de partida para a abordagem às unidades de medida... foi formatada pelas estagiárias da Sala Fixe, Marylène Lages e Cindy Quaresma:



View more presentations or Upload your own.

domingo, 27 de Abril de 2014

Mãe fofa

Não é bem uma história, é talvez mais uma interpretação algo poética, algo romântica e também um pouco artística sobre a Mãe, cujo dia se comemora no final desta semana.
Espero que gostem e vos possa ser útil!

quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Liberdade

Um pouquinho em cima da hora, mas espero que ainda vá a tempo das comemorações dos 40 anos do 25 de Abril... o dia da Liberdade, que é a sua personagem principal.

Trata-se de mais uma história colaborativa, criada através de uma parceria, desta vez com a colega Ofélia Libório, que criou o texto e o partilhou no seu blogue de sala
A mim coube, depois de obtida autorização, selecionar as ilustrações e colocá-la em formato digital. Aqui está ela:

Espero (esperamos ambas...) que gostem e vos seja útil!
Se a utilizarem, deixem o vosso feedback, seria muito apreciado... ;-)

quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Páscoa Feliz!

A todos os seguidores amigos e visitantes do PRÉ Histórias, os votos de uma Páscoa feliz, cheia de boas histórias para contar...


segunda-feira, 14 de Abril de 2014

Dona Galinha e o ovo de Páscoa

Em plena semana santa, com a Páscoa está mesmo a chegar... aqui fica mais uma história alusiva à data. Se não for a tempo para esta ficará para as próximas, mas encontrei as imagens e achei que era interessante partilhar! 
É uma história engraçada, da autoria de Eliana Sá, com ilustração de Roberto Caldas, escrita em português do Brasil...

quarta-feira, 2 de Abril de 2014

E se este dia fosse também, só um bocadinho, de todas as (PRÉ) Histórias que não chegam a ser livros?


Siobhán Parkinson, autora, editora, tradutora e distinguida com o laureate na ONG Children`s Laureate of Ireland, escreveu a seguinte carta para todas as crianças do mundo:

CARTA ÀS CRIANÇAS DE TODO O MUNDO



"Os leitores perguntam muitas vezes aos escritores como é que escrevem as suas histórias – de onde vêm as ideias? Da minha imaginação, responde o escritor. Ah, sim, dizem os leitores. Mas onde fica a imaginação, de que é que ela é feita, e será que todos temos uma?

Bem, diz o escritor, fica na minha cabeça, claro, e é feita de imagens e palavras e memórias e vestígios de outras histórias e palavras e fragmentos de coisas e melodias e pensamentos e rostos e monstros e formas e palavras e movimentos e palavras e ondas e arabescos e paisagens e palavras e perfumes e sentimentos e cores e ritmos e pequenos cliques e flashes e sabores e explosões de energia e enigmas e brisas e palavras. E fica tudo a girar lá dentro e a cantar e a parecer um caleidoscópio e a flutuar e a pousar e a pensar e a arranhar a cabeça.
Claro que todos temos uma imaginação: se assim não fosse, não seríamos capazes de sonhar. Contudo, nem todas as imaginações são feitas das mesmas coisas. A imaginação dos cozinheiros tem sobretudo paladares, e a dos artistas mais cores e formas. Mas a imaginação dos escritores está cheia de palavras.
E nos leitores e ouvintes das histórias, as imaginações fazem-se com palavras também. A imaginação do escritor trabalha e gira e molda ideias e sons e vozes e personagens e acontecimentos numa história, e a história é apenas feita de palavras, batalhões de rabiscos que marcham ao longo das páginas. E depois chega o leitor e os rabiscos ganham vida. Ficam na página, parecem ainda rabiscos, mas também brincam na imaginação do leitor, e o leitor começa igualmente a desenhar e a rodar as palavras de modo a que a história se crie agora na sua cabeça, tal como tinha acontecido na cabeça do escritor.
É por isso que o leitor é tão importante para a história como o escritor. Há apenas um escritor para cada história, mas há centenas ou milhares ou mesmo milhões de leitores, na própria língua do escritor ou traduzida para muitas línguas. Sem o escritor, a história nunca teria nascido; mas sem os milhares de leitores em todo o mundo, a história não viveria todas as vidas que pode viver.
Cada leitor de uma história tem alguma coisa em comum com os outros leitores da mesma história. Separadamente, mas também em conjunto, eles recriam a história do escritor com a sua própria imaginação: um ato ao mesmo tempo privado e público, individual e coletivo, íntimo e internacional. Isto deve ser o aquilo que o ser humano faz melhor.
Continua a ler."

Tradução: Maria Carlos Loureiro

sábado, 29 de Março de 2014

A velhinha e a galinha Carijó

Mais uma para a Páscoa que está a chegar... com ovos, coelhos, galinhas e tudo aquilo com que as crianças sonham nesta altura do ano!

A adaptação e formatação de um conto lituano da autoria de Nijole Jankute, deu este resultado:

Espero que gostem... mas não fiquem por aqui, não deixem as crianças passar ao lado do verdadeiro sentido da Páscoa, que podem encontrar:
E as restantes PRÉ Histórias para a Páscoa, incluindo vários desafios matemáticos, estão aqui!


domingo, 23 de Março de 2014

Espanta-corvos

Uma canção, uma ideia para uma história... a inspiração para as PRÉ Histórias pode vir de qualquer coisa, em qualquer lugar e em qualquer altura!
E daí à sua concretização foi só... uma tarde de domingo!
Mesmo com um oceano entre nós, a Alda Casqueira Fernandes "musicou", eu "historiei" e eis o resultado: 
Uma história adequada a esta época do ano, em que muitas escolas cultivam as suas hortas.
Será que nelas não falta nada?
Na horta da Sala Fixe já demos pela falta do que a história refere... ;-)

E quanto à música que serviu de inspiração, o vídeo com a versão completa está aqui.
Podem acompanhar a Alda no facebook, no youtube ou no blogger, onde divulga as suas canções.

Esta foi mais uma parceria que deu bons frutos! Não acham?